Brado Retumbante

Do golpe às diretas

Paulo Markun

Diretas, Nicarágua, vaias e homenagem a Teotônio

O primeiro grande comício da Campanha das Diretas aconteceu em 26 de novembro de 1983, na praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, zona oeste de São Paulo. Foi iniciativa do PT. No dia anterior, enquanto Franco Montoro reunia governadores no palácio, para discutir uma ação conjunta, Lula percorria a feira livre que ocupava o local, convocando o público. O comparecimento foi grande e o clima era de festa. Além das diretas, a legalização dos partidos comunistas e o apoio à revolução na Nicarágua estiveram na pauta.

Foi o primeiro comício a que Eduardo Suplicy compareceu na campanha - e com algum esforço, já que no dia anterior ele fora atropelado. Marcelo Tas, na pele do repórter supostamente ingênuo Ernesto Varela, esteve lá e produziu uma reportagem que pode ser vista aqui.

Fernando Henrique Cardoso, um dos poucos representantes do PMDB, escapou de ser vaiado porque pediu um minuto de silêncio em homenagem a Teotônio Vilela, que morrera em Maceió.

No blog http://markun.com.br/memoriacoletiva/03/21/memoria-das-diretas/, Márcio Amêndola também relembra o comício do Pacaembu.