Brado Retumbante

Do golpe às diretas

Paulo Markun

Conteúdo com a tag Leonel Brizola:

O passado de oposição de Agnaldo Timóteo

Editoria: Blog do Jorge Felix 20/09/2011 – terça-feira

Muita gente estranhou e comentou, ontem, a presença, no Museu de Imagem do Som, do vereador Agnaldo Timóteo no lançamento do portal Brado Retumbante, com registros da campanha das Diretas já. Poucos se lembravam que, em 1985, Timóteo era deputado pelo PDT de Leonel Brizola e participou, sim, do movimento pela redemocratização do país.

Link: http://colunistas.ig.com.br/poderonline/2011/09/20/o-passado-de-oposicao-de-agnaldo-timoteo

Site de Paulo Markun relata torturas sofridas por jornalistas

Site - 19/09/2011 – segunda-feira

Com o lançamento nesta segunda-feira (19/9) do Brado Retumbante, o jornalista Paulo Markun concedeu entrevista exclusiva ao Comunique-se. Ele revela quando surgiu a ideia de criar o portal, que traz relatos de jornalistas e artistas sobre a Ditadura Militar do Brasil, como a morte de Vladimir Herzog, que era funcionário da TV Cultura.

Belo Horizonte

Antes de realizar o comício de Belo Horizonte, o governador Tancredo Neves reuniu-se com comandante da II Divisão do Exército, general Eduardo Lopes, para garantir que manifestação seria pacífica. Seu objetivo era superar os comícios de Curitiba e São Paulo.

O Comício do Anhangabaú

No dia 16 de abril de 1984, aconteceu no Vale Anhangabaú, em São Paulo, o último grande comício da Campanha das Direta. Na mobilização, agora coordenada por um comitê com mais de cem entidades, foram utilizados três milhões de panfletos, 100 mil cartazes e chamadas no rádio e na TV.

O Comício da Sé

Num almoço de confraternização com repórteres políticos, no final de 1983, o governador Franco Montoro deu um passo decisivo na campanha das diretas. De acordo com João Russo, editor de política da Folha na época, quem tomou a iniciativa de cobrar mais atuação em favor da campanha foi Galeno de Freitas, colunista e repórter do jornal.

Comício de Curitiba

Na quinta-feira, 12 de janeiro de 1984, aconteceu o primeiro grande comício do ano em que a Emenda Dante de Oliveira seria votada. Foi em Curitiba, com uma mobilização muito maior que envolveu 2,5 milhões de panfletos, 15 mil cartazes, 30 mil cédulas eleitorais e três mil camisetas. Houve ainda 15 inserções publicitárias na TV - salvo na retransmissora local da Globo, que recusou-se a veicular as chamadas, ainda que pagas.

O discurso no comício da Central do Brasil

Em 13 de março de 1964, diante da Central do Brasil, no Rio de Janeiro, o presidente João Goulart fez um discurso histórico, alguns pontos acima do seu habitual. O pronunciamento é apontado como o começo da derrocada de seu governo por muitos analistas. Confira o que ele disse: