Brado Retumbante

Do golpe às diretas

Paulo Markun

Conteúdo com a tag PMDB:

Diretas, Nicarágua, vaias e homenagem a Teotônio

O primeiro grande comício da Campanha das Diretas aconteceu em 26 de novembro de 1983, na praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, zona oeste de São Paulo. Foi iniciativa do PT. No dia anterior, enquanto Franco Montoro reunia governadores no palácio, para discutir uma ação conjunta, Lula percorria a feira livre que ocupava o local, convocando o público. O comparecimento foi grande e o clima era de festa.

Lembranças do primeiro debate na TV

Na disputa pelo voto direto para o governo dos estados, em 1982, um fato novo foi o uso da televisão. Com a censura abrandada pela abertura política no governo João Figueiredo (e que começara com seu antecessor, Ernesto Geisel) a oposição conseguiu espaço para responder aos ataques do candidato do governo num evento inédito: um debate ao vivo.

A Emenda das diretas

A Emenda que acabou dando substrato para a maior campanha de massas da história do país foi apresentada na primeira sessão legislativa de 1983 por um deputado alto, magro e novato: Dante de Oliveira, do PMDB. Um texto curto e grosso, que segue abaixo:

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº5, DE 1983

Dispõe sobre a eleição direta para Presidente e Vice-Presidente da República

O Dia D

Brasília amanheceu sob o clima de cidade tomada pelo inimigo no dia 25 de abril de 1984, em que a emenda Dante de Oliveira seria votada na Câmara dos Deputados. Uma semana antes, o governo determinara uma série de medidas de emergência, supostamente adotadas para garantir tranquilidade aos parlamentares. Estavam proibidas manifestações públicas, o acesso à Esplanada dos MInistérios sob controle e as emissoras de rádio e televisão sob censura rigorosa.

O Comício do Anhangabaú

No dia 16 de abril de 1984, aconteceu no Vale Anhangabaú, em São Paulo, o último grande comício da Campanha das Direta. Na mobilização, agora coordenada por um comitê com mais de cem entidades, foram utilizados três milhões de panfletos, 100 mil cartazes e chamadas no rádio e na TV.

Comício de Curitiba

Na quinta-feira, 12 de janeiro de 1984, aconteceu o primeiro grande comício do ano em que a Emenda Dante de Oliveira seria votada. Foi em Curitiba, com uma mobilização muito maior que envolveu 2,5 milhões de panfletos, 15 mil cartazes, 30 mil cédulas eleitorais e três mil camisetas. Houve ainda 15 inserções publicitárias na TV - salvo na retransmissora local da Globo, que recusou-se a veicular as chamadas, ainda que pagas.