Brado Retumbante

Do golpe às diretas

Paulo Markun

Conteúdo com a tag Tancredo Neves:

Novo portal ouve quem lutou e resgata o movimento das Diretas Já

Editoria: Site 16/09/2011 – sexta-feira

Setenta personalidades gravaram vídeos, entre eles: Fernando Henrique Cardoso, José Sarney, Eduardo Suplicy, José Serra, Marcelo Tas, Franklin Martins

Belo Horizonte

Antes de realizar o comício de Belo Horizonte, o governador Tancredo Neves reuniu-se com comandante da II Divisão do Exército, general Eduardo Lopes, para garantir que manifestação seria pacífica. Seu objetivo era superar os comícios de Curitiba e São Paulo.

O Comício do Anhangabaú

No dia 16 de abril de 1984, aconteceu no Vale Anhangabaú, em São Paulo, o último grande comício da Campanha das Direta. Na mobilização, agora coordenada por um comitê com mais de cem entidades, foram utilizados três milhões de panfletos, 100 mil cartazes e chamadas no rádio e na TV.

Comício de Curitiba

Na quinta-feira, 12 de janeiro de 1984, aconteceu o primeiro grande comício do ano em que a Emenda Dante de Oliveira seria votada. Foi em Curitiba, com uma mobilização muito maior que envolveu 2,5 milhões de panfletos, 15 mil cartazes, 30 mil cédulas eleitorais e três mil camisetas. Houve ainda 15 inserções publicitárias na TV - salvo na retransmissora local da Globo, que recusou-se a veicular as chamadas, ainda que pagas.

Tancredo candidato no Colégio Eleitoral

A derrota da Emenda Dante de Oliveira frustrou o país. Mais 22 votos e o futuro presidente da República seria eleito por todos os brasileiros. Rapidamente, a campanha migrou para outro eixo: o governador de Minas Gerais, Tancredo Neves. Vários personagens tratam desse assunto neste site.

A solidariedade aos grevistas

A greve dos metalúrgicos do ABC de 1980 marcou uma virada na história do Brasil. Toda a sociedade civil se mobilizou em apoio à greve. No Rio de Janeiro, várias organizações comunitárias e sindicatos organizaram o Fundo de Apoio à Greve dos Metalúrgicos. Formou-se um comitê de organização que incluía gente de todos os grupos de oposição aos militares, gente da Igreja, intelectuais e artistas, professores e sindicalistas.